Interferências. Connie Willis

By Juliana Rovere - 10:00

Oi gente! No início de maio eu e as colunistas aqui do blog resolvemos fazer uma leitura coletiva. O livro escolhido foi "Interferências", da Connie Willis, que estava sendo bem falado por aí. Nossa leitura se deu ao longo do mês, para depois vir contar aqui para vocês. Mas eu devo confessar: devorei antes do prazo! Ficamos bem interessadas na sinopse, mas já adianto: algumas tiveram opiniões bem diferentes acerca da leitura (essa é a graça, não é?)



Interferências
Autor: Connie Willis
Ano de Lançamento: 2018
Nº de páginas: 464
Editora: Suma de Letras
ISBN: 9788556510570

Sinopse: Em um futuro não muito distante, um simples procedimento cirúrgico é capaz de aumentar a empatia entre os casais, e ele está cada vez mais na moda. Por isso, Briddey Flannigan fica contente quando seu namorado, Trent, sugere que eles façam a cirurgia antes de se casarem — a ideia é que eles desfrutem de uma conexão emocional ainda maior, e que o relacionamento fique ainda mais completo. Bem, essa é a ideia. Mas as coisas acabam não acontecendo como o planejado: Briddey acaba se conectando com outra pessoa, totalmente inesperada. Conforme a situação vai saindo do controle, Briddey percebe que nem sempre muita informação é o melhor, e que o amor — e a comunicação — são bem mais complicados do que ela esperava.


Interferências é um livro de ficção-científica que se passa em um tempo não delimitado, num futuro não muito distante. Acompanhamos a história de Briddey, que trabalha em uma empresa de tecnologia de ponta que concorre diretamente com a Apple. Ela namora com o Trent, que também possui um cargo de alto escalão na empresa. Depois de sermos apresentados a protagonista, a alguns funcionários (bem enxeridos), ao namorado e a família que não a deixa um segundo em paz, descobrimos que existe um procedimento cirúrgico capaz de ligar de forma mais emocional um casal, o EED. Trent propõe a Briddey, que logo aceita e mantém tenta na medida do possível em segredo. Porém, toda a empresa fica sabendo mais rápido do que ela imagina. Além da sua tia Oona e das suas irmãs, Mary Clare e Keithlin,  o único que se opõe, e utiliza todos os artigos de internet para tentar impedi-la, é C.B. Schwartz,  o gênio esquisito por trás das criações da empresa. Mesmo com dúvida, e de saco cheio por tanta gente querendo interferir mal sabia ela Briddey resolve fazer o procedimento. Mas acaba que ela não só não se liga a Trent, como se liga e troca pensamentos com outra pessoa telepaticamente.



"As pessoas acham coisas que não são verdade o tempo todo. Hitler provavelmente achava que era um cara muito legal."
 “Só que algumas pessoas acabam conectadas demais, entende, principalmente quando se trata de relacionamentos.”


A partir daí, confesso que eu devorei, mas porque sou curiosa e o romance que vai se desenvolvendo me convenceu. Mas a autora joga muitas reviravoltas atrás de reviravoltas e existem capítulos que considerei longos demais, e ao meu ver, desnecessários, porém o apego que tive a alguns personagens como C.B. e Maaeve, a sobrinha de Briddey, fez com que eu quisesse terminar logo e ainda senti uma ressaca literária depois. A forma como a autora "explica" a telepatia também não me agradou muito, fica muito vago, daria para explorar melhor essa parte. Não conto mais para não dar spoilers, mas indico a leitura das 460 páginas, que para mim, foi super fluída. Ah! e se você é assim como eu, que ama quando o título do livro tem a ver com a história, o final é bem satisfatório. Connie Willis faz uma crítica a sociedade moderna e o uso excessivo das redes sociais no início, mas depois fica claro que a história não é só sobre isso. Ela pecou no excesso, há uma previsibilidade (mas não em todos os momentos). Ainda sim, vale a leitura.


Besos!






  • Share:

You Might Also Like

14 Comentários

  1. Oii!
    Eu li essa resenha em alguns dos outros blogs participantes e duas coisas parecem recorrentes, C.B. é divo e que a autora se alonga em partes desnecessárias.
    Gostei bastante da sua resenha e já coloquei o livro na lista de leituras! :)
    Beijo

    Canastra Literária

    ResponderExcluir
  2. Aii, já falei antes e falo agora de novo, o livro não me agradou hahaha Só vou dizer isso ^^
    Tudo que Motiva

    ResponderExcluir
  3. Oláá!
    Esse livro me parece ser muito Black Mirror kkkkk
    Não sou muito fã de livros de ficção-científica, por isso não é algo que eu fico loucaaa pra ler. Talvez um dia, quem sabe...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho que assistir então rs
      HAHA, eu vi alguma resenha por ai que fazia a comparação.
      Beijos

      Excluir
  4. Há pontos nele que atiçam a minha curiosidade, mas não tenho certeza se chegaria a ler um dia. Talvez.

    ResponderExcluir
  5. Quando a gente vê a capa deste livro pela primeira vez a gente nem pode imaginar o que vai ter dentro. Não parece nem de longe ser de ficção científica, ainda mais desta forma inovadora.rs
    É um livro que dividiu opiniões, por tudo que li até agora. Eu leria fácil,mesmo já tendo lido em outros blogs, que a autora poderia ter feito algo mais enxuto e não ter arrastado tanto a história.
    Ah e super bacana isso de lerem em conjunto.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, divide opiniões mesmo!
      Obrigada! amamos a ideia também, já vamos iniciar o próximo!

      Excluir
  6. Que legal essa leitura coletiva. Realmente a graça está em trocar ideias a respeito da visão e opinião de cada um. Gosto bastante de fazer isso. Quanto ao livro, já tinha visto pela net, mas não sabia exatamente do que se tratava além do que o título sugere. Pelo jeito tem coisas boas e outra que poderiam ser melhoradas. Capítulos longos geralmente me cansa, mas acabei de ter uma experiência com um livro que não tinha divisões em capítulos e a leitura acabou fluindo também. Fiquei curioso com a leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei os capítulos longos mesmo. E a história deu umas voltas desnecessárias!!
      Beijos

      Excluir
  7. Me senti sufocada em boa parte da leitura, um pouco por aquela família louca dela e oura parte pela enrolação da autora em algumas partes, mas achei a leitura valida e super adorei esse clube da leitura hahaha já estou pronta para próxima. Um beijo!

    ResponderExcluir