[Crônicas de Quinta]: Em Tons Pasteis

By Luciana Souza - Maio Literário - 13:27

Em tons pasteis é como eu vivo. Um pouco por achar essas cores inspiradoras que dão sempre aquele ar poético a minha vida, parece clichê eu sei e talvez seja porque vivo tanto em meio as palavras que nunca sei distinguir qual historia é verdadeira e qual é mera ficção. Acontece que não nasci para viver em preto e branco não que eu não ame essas cores afinal elas são tão anos 50 uma época que eu gostaria de ter conhecido pessoalmente, mas é que eu creio que vinhemos a esse mundo para colori-lo e para que isso aconteça precisamos encontrar nosso tom.

Nosso tom. O que vem a sua mente quando escuta essa expressão? Soa meio musical não é mesmo? E é para ser afinal está tudo interligado e você será capaz de perceber se abrir um pouco a mente. Eu digo sempre que “você pode absorver o melhor do mundo se for capaz de enfrenta-lo de mente aberta e coração calmo”, há quem diga que de tanto viver da escrita declamo ao invés de conversar cada frase saída de minha boca parece mais um preceito desses que levamos para a vida, ao menos é o que dizem aqueles que intitulo de meus amigos.

Gosto de tons pasteis devido a sua poesia e elegância e acho que combina muito bem com minha vida. Gosto de viver na calmaria e poeticamente isso é basicamente o que me move e apesar de ter demorado a encontrar meu tom acredito que acabei muito bem. Sabe é difícil achar sua cor, aquela que combina com você e se veio a sua mente que preto é a sua cor pode esquecer, você assim como eu nasceu para colorir e para dar cor ao mundo pois quando nos encontramos em meio aos tons tudo fica mais luminoso, mais brilhante e mesmo que a certa altura da vida ele tome aquela tonalidade vintage acredite que mais rápido do que imagina voltara a sua cor normal. Colore-se. Faça como eu que me fiz cor. Se faça em cores. Viva em tons mesmo que pasteis assim como eu. Sua vida merece.

  • Share:

You Might Also Like

5 Comentários

  1. Digo que minha vida é em tons de cinza! Talvez por ser minha cor favorita, onde um pingo de tinta faz toda a diferença.
    Mas os tons pastéis são paz e é desta paz que precisamos nos pintar todas as manhãs!!!
    Beijo e mais cores!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi! Concordo sobre os anos cinquenta, preto e branco dar um toque de elegância, mas eu queria voltar mesmo para o século 18 e aproveitar, por meia hora, um baile. Meu tom fica no verde mesmo, essa cor me passa sensações boas.

    ResponderExcluir
  3. Acredito que a minha vida é multicolorida. Às vezes cinzenta. Às vezes azulada. Porém acho que sempre ha cor.

    Concordo, os tons pastéis são pura poesia.

    ResponderExcluir
  4. Luciana!
    Adorei!
    Meu tom é mais vibrante, puxado para o rubro, sou bem intensa e passional e levo a vida nesse ritmo.
    Queria ser mais tom pastel...
    Desejo um ótimo feriado e final de semana!
    “Para cada minuto que você se aborrece você perde sessenta segundos de felicidade.” (Ralph Waldo Emerson)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA NOVEMBRO - 5 GANHADORES – BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  5. Achei tão poético e reflexivo!
    Adorei, como sempre.
    Minha vida é bem colorida, assim como meu humor, muda muito kkkkkk
    tenho bastanteeeeee fases! kkk
    bjs

    ResponderExcluir