[Crônicas de Quinta]: O Que Mudou? Tudo.

By Luciana Souza - Maio Literário - 09:34

Não pense que isso é algo que só notei agora pois esta completamente enganado já venho percebendo essa situação a muito tempo e talvez tenha sido esse o fator chave para que eu simplesmente desistisse de tudo. Não que eu o tenha feito assim de uma hora para outra mas se não percebeu meu bem eu já não luto mais, não corro atras, nem ao menos me esforço em realmente tentar tudo apenas se tornou inoportuno, desnecessário e desgastante.

Você me conhece sou um tonel mais cheio de medo do que de coragem e quando vejo que algum projeto tende a falhar desisto logo antes mesmo de tentar e bem talvez seja isso o que mais vem me desgastando nesses últimos tempos planejar, desistir, recomeçar, essa jornada tripla diária se tornou um peso sobre meus ombros que eu sinceramente não sei como tirar é como se cada movimento que eu fizesse para me desvencilhar dele o tornasse mais pesado e propenso a me derrubar e acredite as pedras que ando encontrando pela estrada só o estão ajudando nisso. 

O que vou fazer? Bem essa é uma pergunta complicada e antes de responde-la precisarei pensar, eu sei que já deverei saber a resposta que ela deveria estar aqui na ponta da língua para ser cuspida aos quatro ventos sempre que alguém me perguntasse mas essa não é la uma das regras da minha vida e a duvida não me torna fraca pelo contrario só mostra que no fundo eu começo a optar por tentar de novo.

Tudo mudou se é o que quer saber e com tamanha e repentina mudança me vi acuada a tomar uma decisão imediata ao mesmo tempo me senti pressionada pelas pessoas a minha volta como se fosse obrigatório eu já ter que te-la em mente e bem eu não sou assim e nem pretendo ser se quer saber gosto de pensar em tudo com calma talvez ate demais, para falar a verdade cheguei a conclusão de que essa sempre foi a desculpa exata para o medo de decisões e para poder adiar tudo o maior tempo que pudesse no fim não dava lá muito certo, o que posso fazer ter o medo dominante sobre você faz isso o torna propicio a fugas e é o que sempre fiz. Mas tudo mudou. Chegou a hora de levantar, planejar e lutar, trocar a rotina de desastre por uma de fé é como eu sempre digo arriscar-se é acreditar em si mesmo.

  • Share:

You Might Also Like

5 Comentários

  1. Nossa vida é um eterno mudar e se adaptar.
    Há dias que não temos forças, nem ânimo para este tal recomeço, que é bonito só nas palavras, mas que na carne, dói.
    Mas em contrapartida, o mundo gira e gira e amanhã?
    Há forças sobrando!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Todos precisamos recomeçar e acreditar em si, basta a mudança. Lindo texto.

    ResponderExcluir
  3. Luciana!
    Gosto muito dos seus textos, porque sempre abordam algo com que nos identificamos.
    Gostaria muuito de pensar nas minhas decisões, mas sou daquelas pessoas que decide pela intuição, no rompante, embora não me arrependa muito, gostaria de ser mais estratigista.
    Desejo um ótimo feriado e final de semana!
    “Para cada minuto que você se aborrece você perde sessenta segundos de felicidade.” (Ralph Waldo Emerson)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA NOVEMBRO - 5 GANHADORES – BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  4. Que lindo!
    Um texto que falou comigo.
    É difícil e pesado até, mudar, recomeçar. Mas, as vezes, é o que mais precisamos.
    Porque continuar no mesmo nem sempre é o melhor, mesmo que seja algo que sonhamos.
    Mudar e recomeçar é mais que necessário e nos dá novos ares e liberdades. Eu tinha relutância com isso,mas agora tô buscando recomeçar em muitas áreas da minha vida.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi! Seus textos são inspiradores. Muitas vezes somos forçados a tomarmos decisões com rapidez e como isso é difícil, outra coisa que requer muita força é mudanças, renovar-se é necessário e se tivermos fé que tudo dará certo já é um avanço.
    Amei.

    ResponderExcluir